Parlamento francês apoia fim de sanções contra Rússia

Autor de resolução, deputado francês Thierry Mariani fala sobre o significado do documento.
French-Russian Dialogue Association Thierry Mariani
De acordo com Mariani, partido socialista conduz política dupla. Foto:Kirill Kallinikov / RIA Novosti

A câmara baixa do Parlamento francês apoia, por maioria, o levantamento das sanções econômicas contra a Rússia, em resolução elaborada por Thierry Mariani, que falou sobre o assunto:

Após a obtenção dessa maioria, o que mais é necessário fazer para levantar as sanções?

Comecei a trabalhar no Parlamento francês há 22 anos, e esta é a primeira vez que conseguimos apresentar uma resolução que tenha recebido a maioria dos votos.

O governo francês não pode ignorar a opinião do parlamento eleito democraticamente. Aguardamos a reação do governo.

A resolução é apenas a opinião de alguns deputados ou é a posição de toda a câmara baixa do Parlamento?

É a opinião do parlamento. Após a votação é incorreto dizer que é uma opinião individual de alguns parlamentares. 

O número de políticos europeus que são contra as sanções está crescendo. O senhor acha que outros países da UE seguirão o exemplo do Parlamento francês? 

A nossa resolução é a primeira e única ação política desse tipo na Europa. Mas estou convencido de que, caso as mesmas votações sejam realizadas em outros países europeus, o resultado será o mesmo. 

O que o partido socialista acha sobre sua iniciativa?

Eles estão conduzindo uma política dupla. Quando o ministro da Agricultura da França visitou Moscou, ele declarou que as sanções devem ser levantadas. No entanto, na hora de votar, eles se manifestaram contra a resolução.

Publicado originalmente pelo jornal Vzgliad.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook