Mash-ups of archival wartime photos RBTH Victor Akhlomov_TOP Easter paintings Old Moscow vs new Moscow BoogelWoogel alpine carnival
De Berlim a Moscou: caminhando pelas ruas da 2ª Guerra Trabalho na URSS pelas lentes de Semion Fridliand

Desenhos revelam percepção de crianças sobre as revoluções de 1917

Mostra em cartaz no Museu Histórico do Estado, em Moscou, exibe, pela primeira vez, ilustrações de crianças durante o período revolucionário.
De Oleg Krasnov
Desça a página para ver mais

A. Malichkov/Museu Histórico do Estado

“Funeral de estudantes e cadetes”, Moscou, Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

“Batalha na Praça Teatralny”, “Cerco de uma casa” e “Bombardeio ao Kremlin” são apenas alguns dos títulos de uma série de desenhos feitos por crianças que testemunharam os eventos revolucionários e pós-revolucionários de fevereiro a novembro de 1917 em Moscou. // “O Fronte de Moscou: 28 de outubro-5 de novembro, 1917”, Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

Essa coleção de mais de 150 desenhos foi doada ao Museu Histórico Estatal em 1919 pelo acadêmico Vassíli Voronov. // “Batalha na Praça Teatralny”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

P. Grigoriev/Museu Histórico do Estado

Para marcar o centenário da Revolução, o museu inaugurou uma exposição desses desenhos intitulada “A Grande Revolução Russa retratada por crianças”, que seguirá em cartaz até 19 de junho. // “Estação telefônica e pessoas mortas”, Moscou, Dezembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

“Naquela época, meninos e meninas estudavam separado. É por isso que o arquivo de Voronov consiste exclusivamente de desenhos feitos por garotos de duas instituições de Moscou: a Escola de Gramática Lomonossov e a Academia Aleksandrov”, disse à Gazeta Russa o curador da mostra, Evguêni Lukianov. // “Cerco a uma casa”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Dusman/Museu Histórico do Estado

A maioria dos nomes desses jovens artistas, todos entre 8 e 14 anos de idade, são, infelizmente, desconhecidos. // “Fuzilamento de cadetes por bolcheviques”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Dusman/Museu Histórico do Estado

Todos esses garotos receberam a tarefa de desenhar o que haviam visto nas ruas e praças de Moscou no caminho à escola. // “Fuzilamento na Guarda Vermelha”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

A seleção de desenhos oferece uma perspectiva fiel e interessante dos fatos, tanto do ponto de vista histórico como artístico. // “Guerra Civil em Moscou”, Outubro e Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

“A coleção retrata os eventos da época com toda sua cor e diversidade”, diz Lukianov. // “Fogo cruzado na rua”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

Segundo o curador, os visitantes podem conferir como as atitudes das crianças mudaram do período entre fevereiro e outubro daquele ano. // “Casa com vestígios de tiros”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

“Desde a alegre aceitação da revolução de fevereiro à rejeição total dos acontecimentos de outubro – porque a primeira revolução foi percebida como uma libertação da monarquia, enquanto o golpe armado dos bolcheviques foi horripilante. // “Casas bombardeadas próximas ao Kremlin”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Dobkevitch/Museu Histórico do Estado

“As crianças viram com seus próprios olhos pessoas serem mortas nas ruas e armas serem disparadas”. // “Bombardeamento do Kremlin”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Autor desconhecido/Museu Histórico do Estado

“Bombardeamento do Kremlin”, Moscou, Outubro e Novembro de 1917

Kosarev/ Museu Histórico do Estado

“Bolcheviques em busca por armas”, Moscou, Novembro de 1917

Gontcharov/Museu Histórico do Estado

“Cemitério bolchevique”, Moscou, Novembro de 1917
6 de maio de 2017
Tags: revolução, crianças, pintura

leia mais

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook