celeryinstagram Prokudin Gorsky now and than
Mercado de pulgas em São Petersburgo é paraíso da nostalgia soviética Por dentro das megafábricas russas: Nazarovski, o cenário para ‘Mad Max’

Gatos assumem comando em navio de cruzeiro; veja galeria

Felinos do capitão são atração à parte de viagem fluvial Moscou-São Petersburgo.
De Ksênia Issáeva, Gazeta Russa
Desça a página para ver mais

Press photo/VODOHOD

Enquanto o capitão do navio de cruzeiro russo Nikolai Tchernichévski dá ordens, dois tripulantes não prestam atenção nos comandos e prosseguem dormindo.

Press photo/VODOHOD

O navio, de propriedade da Vodohod, opera em vias fluviais entre Moscou e São Petersburgo. Além da paisagem, esses dois gatos são a grande atração da viagem.

Press photo/VODOHOD

Um deles é chamado Botsman (esq.), termo russo para “contramestre”.

Press photo/VODOHOD

E o nome do outro é Matros, que significa “marinheiro” em russo.

Press photo/VODOHOD

Queridos pelos passageiros, os felinos são muitas vezes vistos dormindo na cabine de comando. Cada gato tem sua própria roupa, mas Botsman prefere brincar com seu quepe, em vez de usá-lo.

Press photo/VODOHOD

Durante o inverno, os gatos vivem na casa do capitão. Não é por acaso que seu nome é Vladímir Kótin (‘kot’ é o termo russo para gato).
26 de junho de 2016
Tags: gato, navio, marinha russa

leia mais

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook