Projetista do Mig-29 morre em Moscou

25 de novembro de 2016 RIA Nóvosti
Ivan Mikoian foi figura-chave na criação da aeronave e era filho de Anastás Mikoian, chefe de Estado durante os governos Stálin e Khruschov.
Ivan Mikoyan
Ivan Mikoian foi condecorado duas vezes durante a União Soviética pelo projeto do Mig-29. Foto:Vesti.Ru

Morreu em Moscou, nesta sexta-feira (25), Ivan Mikoian, um dos desenvolvedores do caça Mig-29. O projetista de aeronaves tinha 90 anos.

Ivan Mikoian era filho de um dos mais influentes políticos soviéticos, Anastás Mikoian, chefe de Estado durante os governos de Iossif Stálin e Nikita Khruschov. 

Após terminar a escola de mecânica de aviação militar, Ivan entrou na Academia de Engenharia Militar Aérea Jukóvski e tornou-se projetista de aeronaves.

Trabalhou toda a vida no Bureau de Projetistas, que seu tio, Artiom Mikoian, fundou em 1939.

Foi condecorado duas vezes na União Soviética pelo projeto do Mig-29. Manteve-se como conselheiro da corporação de construção de aviões Mig até o final da vida.

O Mig-29 começou a ser desenvolvido na década de 1970 e tornou-se o principal caça das Forças Aeroespaciais da Rússia.

Diferentemente de todas as aeronaves Mig anteriores, porém, ela foi projetada com fuselagem sustentante, ou seja, aquela em que a configuração do próprio corpo produz sustentação.

Os engenheiros aplicaram uma alta qualidade na construção do caça, o que permitiu, posteriormente, a criação de algumas variações modernizadas.

Diversos modelos do Mig-29 são utilizados em mais de 25 países pelo mundo. Em muitos deles, a aeronave se tornou o principal tipo de caça leve de frente nas Forças Aéreas.

Com a agência Ria Nôvosti.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook