eSPIÕES Su-25
Almirante Kuznetsov e o alto custo para reconquistar Aleppo O invisível escudo que protege Moscou

Vídeo compara antes e depois de invasão de Palmira pelo EI

Imagens liberadas por Defesa russa mostram destruição de cidade histórica na Síria.
De Nikolai Litôvkin, Gazeta Russa

As tropas do presidente sírio Bashar al-Assad avançam rumo à cidade de Palmira graças ao apoio da aviação russa. Atualmente, o Exército se encontra a 20 km dali e se prepara para uma nova série de combates por uma das principais regiões do país.

Paralelamente, os grupos de investigação russos registraram o resultado das barbaridades cometidas por guerrilheiros do Estado Islâmico nessa área histórica.

Nas imagens, divulgadas pelo Ministério da Defesa russo, é possível ver claramente que os terroristas demoliram o proscênio (a parte central do antigo teatro romano) e as colunas do tetrápilo, um edifício de “quatro portas” construído no ano de 270 d.C.

Fonte: YouTube/Ministério da Defesa da Rússia

De acordo com as últimas informações liberadas pelos militares russos, fileiras de caminhões de guerrilheiros continuando chegando à parte histórica de Palmira.

O objetivo dos terroristas, segundo a Defesa russa, é transportar explosivos para a região e implantar minas nos monumentos a fim de conter as tropas inimigas no caso de uma eventual retirada.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?  
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

14 de fevereiro de 2017
Tags: síria, estado islâmico

leia mais

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook