'Rússia tem direito de se defender de expansão da Otan', diz Peskov

22 de novembro de 2016 RIA Nóvosti
Afirmação foi feita em resposta a pergunta sobre instalação de novos sistemas de mísseis no enclave europeu de Kaliningrado
Dmitry Peskov
"A Rússia tem todos os direitos soberanos de aplicar as medidas necessárias em todo seu território ", diz porta-voz de Pútin Foto:Alexey Filippov/RIA Novosti

Nesta terça-feira (22), o porta-voz do presidente russo, Dmítri Peskov, declarou que a Rússia está em seu direito ao executar medidas em seu território em resposta à expansão de blocos agressivos como a Otan.

"A Rússia faz tudo o que for necessário para se defender da expansão da Otan ao longo de suas fronteiras. A Otan é um bloco realmente agressivo, por isso, a Rússia faz todo o necessário para isso. E, assim, claro, a Rússia tem todos os direitos soberanos de aplicar as medidas necessárias em todo o território da Federação da Rússia", disse Peskov.

Os comentários foram feitos em resposta à publicação na imprensa ocidental de que a Rússia teria instalado novos complexos de mísseis no enclave de Kaliningrado como medida de resposta à expansão da Otan na Europa Oriental.

Mas Peskov esquivou-se, dessa forma, de responder se os sistemas já estão em Kaliningrado ou se serão instalados permanentemente.

Anteriormente, o representante do comitê de defesa do Conselho da Federação (Senado russo), Víktor Ózerov, disse à agência Ria Nôvosti, que, em resposta aos sistemas antimísseis norte-americanos na Europa, a Rússia precisaria reforçar seu sistema de defesa aeroespacial em direção ao Ocidente, empregar forças adicionais e meios para se proteger desses objetos e pontos de lançamento.

Sergundo Ózerov, entram nesses reforços em Kaliningrado os complexos "Iskander" e a criação de novas formações nas regiões militares ocidentais e meridionais.

Com a agência Ria Nôvosti.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook