Altai nature follow me to Fish Homeless cats Sochi storm
Altai, picos e vales FollowMeTo, viaje pelo mundo guiado por uma mulher

2016 russo em fotos: um teste de resistência

Escândalo de doping, Panama Papers, assassinato do embaixador russo na Turquia e prisão de um ministro foram algumas das tensões que marcaram este ano.
De Andrei Zaitsev, Slava Petrakina, Ekaterina Sinelschikova, Gazeta Russa
Desça a página para ver mais

Getty Images.

9 de março. Tenista Maria Sharapova admite ter usado meldonium, substância proibida pela Agência Mundial Antidoping desde 1º de janeiro. Outros atletas russos também testaram positivo para substância.

Aleksandr Nikolaev/Interpress/TASS

3 de abril. Autoridades russas são citadas nos chamados Panama Papers, uma investigação jornalística internacional sobre offshores usado por centenas de políticos e empresários de diversos países do mundo. Entre os russos havia um amigo de infância de Vladímir Pútin, o violoncelista Serguêi Roldúguin, que os autores do relatório descreveram como a “carteira” do presidente russo.

AP

28 de abril. Primeiro lançamento espacial é realizado a partir do cosmódromo de Vostochny, na região de Amur. Vostochny é o primeiro cosmódromo civil da Rússia. A primeira missão tripulada deverá ser lançada a partir dessa base após 2023.

Getty Images

29 de abril. Sôtchi recebe seu primeiro o Grand Prix de Fórmula 1.

Mikhail Voskresenski/RIA Nôvosti

5 de maio. A orquestra do Teatro Mariinsky, liderada por Valéri Guerguiev, e com a participação do violoncelista Serguêi Roldúguin, fez um concerto na cidade síria de Palmira, então recém-libertada do Estado Islâmico.

Serguêi Savostianov/TASS

15 de julho. Russos deixam flores em frente à embaixada francesa em Moscou e prestam condolências pelo ataque terrorista em Nice, que matou 84 pessoas.

Donat Sorokin/TASS

26 de julho. O joguinho Pokémon GO virou febre no mundo inteiro, incluindo a Rússia. Em Iekaterinburgo, nos Urais, fãs desconhecidos transformaram um monumento de pedra da cidade em uma pokeball gigante.

Marina Listseva/TASS

5 de setembro. Cerimônia de encerramento do festival de música militar internacional Torre Spasskaya.

AP

10 de setembro. Capital russa lança um novo sistema de transporte, o Anel Central de Moscou. Um dos maiores projetos de transporte do país, começou a ser construído em 2012 e custou aos cofres públicos em torno de US$ 1,6 bilhão.

Reuters

4 de novembro. Um monumento ao príncipe Vladímir, que em 988 tornou o cristianismo a religião oficial na Rússia, foi inaugurado na praça Borovitskaya, no centro de Moscou. A estátua de 17 metros de altura gerou polêmica e inúmeras críticas sobre o seu simbolismo.

Reuters

8 de novembro. A eleição presidencial dos EUA interessou mais os russos do que as eleições para Duma d Estado (Câmara dos deputados na Rússia), que aconteceu em setembro. Segundo pesquisas na época, a corrida eleitoral americana era seguida por 69% dos russos. A notícia da vitória do candidato republicano Donald Trump foi recebida com aplausos entre as autoridades do país.

Serguêi Guneiev/RIA Nôvosti

15 de novembro. O então ministro russo do Desenvolvimento Econômico, Aleksêi Uliukáev, é preso ao receber um suborno de US$ 2 milhões para a aprovação de um acordo que permitia à Rosneft comprar ações que lhe davam controle sobre a também petroleira estatal Bashneft. Esse foi o primeiro caso na história russa moderna em que um ministro foi detido e o maior escândalo de corrupção no país.

AP

19 de dezembro. O embaixador russo na Turquia, Andrêi Karlov, é morto a tiros em frente a câmeras de TV durante a abertura de uma exposição de fotos em Ancara.

Mikhail Sokolov/TASS

25 de dezembro. Uma das 92 pessoas mortas na queda do Tu-154 sobre o mar Negro foi a médica e ativista dos direitos humanos Elizaveta Glinka (também conhecido como Doutora Liza). Avião que seguia rumo à Síria é alvo de investigação em três linhas principais: falha técnica, erro do piloto ou ataque terrorista.
30 de dezembro de 2016
Tags: foto, síria, cosmódromo de vostôtchni, doping

leia mais

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook