Brasileira vence o mais antigo concurso de balé do mundo

29 de julho de 2016 Pável Rítsar, Gazeta Russa
Formada pelo Bolshoi Brasil, Amanda Gomes, 21 anos, é atual solista da Ópera de Kazan. Bailarina goiana foi incluída em ranking da Forbes no ano passado.
Na premiação, brasileira concorreu com outros 140 bailarinos Foto:Vladímir Viatkin/RIA Nôvosti

A bailarina brasileira Amanda Gomes, atual solista da Ópera de Kazan, na Rússia, venceu nesta quinta-feira (28) a Varna International Ballet Competition, uma das mais prestigiadas e tradicionais competições de dança do mundo, na Bulgária.

Nascida em Goiânia, Amanda mudou-se para Joinville em 2004 para iniciar os estudos com o corpo da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Depois de se formar, integrou a Cia. Jovem do Bolshoi por dois anos.  

“Nessa hora, sentimos o conforto pela determinação dela, por todo esforço, pelo sacrifício da distância, e por todos os obstáculos que enfrentou para chegar até lá”, declarou a mãe, Polyana Gomes, no Brasil, após o anúncio da conquista.

Na competição, composta por três etapas – entre balé de repertório, balé clássico e dança contemporânea – Amanda concorreu com outros 140 bailarinos.

Além da medalha de ouro, a bailaria participará, como parte das premiações, de uma apresentação de gala ao lado dos demais premiados do concurso, bem como vai compor a galeria de fotos de antigos vencedores da premiação, como Ekaterina Maksimova (1964), Eva Evdokimova (1970) e Ivan Vassiliev (2006).

A primeira edição da Varna International Ballet Competition, aconteceu em 1964 e, desde então, o concurso é realizado em Varna, na Bulgária, a cada dois anos.

Amanda na Forbes

A bailarina Amanda Gomes foi incluída na lista dos 30 destaques do Brasil abaixo de 30 anos, divulgada em fevereiro de 2015. O ranking destacou perfis que reformulam e atuam com motivação em suas áreas de trabalho, e foi marcado pela presença dos atores Chay Suede e Marina Ruy Barbosa, e do surfista Gabriel Medina, entre outros.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook