Google e Mosfilm lançam leitura on-line de ‘O Mestre e Margarida’

1 de setembro de 2016 Aleksandra Guzeva, Gazeta Russa
Falantes de russo ao redor do mundo poderão participar de leitura on-line do clássico de Mikhail Bulgákov. Efeitos visuais ajudarão a compor cenário da história.
Obra foi publicada pela primeira vez em 1966 na revista “Moskva” Foto:masterimargarita.withgoogle.com

O Google, o estúdio Mosfilm e Museu Mikhail Bulgákov se reuniram para celebrar duas ocasiões especiais: o 125º aniversário de Bulgákov e os 50 anos desde que seu aclamado romance “O Mestre e Margarida”, foi lançado. A ideia é que qualquer pessoa possa fazer um teste para ser narradora de uma parte dessa obra.

Por meio do site “O Mestre e Margarida: Eu estava lá”, lançado pelo Google esta semana, os interessados conversam em russo com dois dos personagens do romance, Koroviev e o gato Behemoth.

Após breve bate-papo, eles decidem qual dos locais do romance mais combinam com o perfil do candidato, que é então teletransportado – seja à mansão de Margarida, um hospital mental, ou um apartamento.

Já em seu possível posto, o internauta é então convidado a fazer um teste, isto é, um pequeno vídeo lendo um trecho do romance.

“Esperamos que cerca de 500 pessoas participem da leitura; 350 delas serão usuários comuns de internet, e o restante, figuras públicas de teatro, cinema, política e esportes”, disse Alla Zabrovskaia, representante do Google, à Gazeta Russa.

The rooftop terrace in Moscow where Woland and Azazello talk in the last chapter        Terraço em Moscou é cenário do último capítulo Foto: masterimargarita.withgoogle.com

 

Chat with Behemoth and Koroviev        Bate-papo com Behemoth e Koroviev Foto: masterimargarita.withgoogle.com

 

The mental clinic where the reader first meets the Master        Clínica de doentes mentais Foto: masterimargarita.withgoogle.com

 

The great Satan's Ball that Margarita hosts        Festa diabólica Foto: masterimargarita.withgoogle.com

 

 
1/4
 

Este não é, porém, o primeiro projeto do gênero. Uma leitura on-line recorde foi realizada em 2014, quando o romance “Anna Karenina”, de Tolstói, foi transmitido ao vivo por três dias ininterruptos.

“Nosso objetivo era criar um projeto que tire a poeira dos clássicos e oferecesse à geração mais jovem um novo olhar sobre exemplos importantes da literatura russa”, disse então Fiokla Tolstaia, descendente do escritor e curadora do projeto.

O prazo de inscrição para ser um dos narradores de “O Mestre e Margarida” é 5 de outubro.

A transmissão ao vivo pelo YouTube ocorrerá nos dias 11 e 12 de novembro. 

Tecnologia em prol da literatura

O ano de 2016 é dedicado ao Cinema na Rússia, o que levou os organizadores a dar especial atenção à parte visual das leituras. A principal plataforma de produção ficará a cargo do mais antigo estúdio de cinema do país, o Mosfilm.

A leitura on-line de “O Mestre e Margarida” será transmitida ao vivo no YouTube o novo formato 360​​° do Google, que permite ao espectador mudar o ângulo da câmera e observar o que existe ao redor do narrador.

Por meio do recurso de “chroma key”, os diretores envolverão os narradores em cenário virtual de Bulgákov, transportando-os ao mundo imaginário do autor.

Os efeitos visuais estão sendo produzidos por Andrêi Boltenko e Anton Nenachev, que produziram a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sôtchi, em 2014.

Logo oficial do projeto Foto: DivulgaçãoLogo oficial do projeto Foto: Divulgação

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook