Imagem de Nikolai 2º é achada por baixo de retrato de Lênin

12 de novembro de 2016 Oleg Krasnov, Gazeta Russa
Durante trabalhos de restauração de tela, funcionários de instituto de arte em São Petersburgo identificaram tsar ‘escondido’ sob líder comunista.
Obra restaurada ficará exposta em São Petersburgo a partir do dia 30 Foto:Divulgação

Durante a restauração de um retrato do líder da revolução de 1917 Vladímir Lênin, pintado pelo artista soviético Vladislav Izmailovitch, foi descoberta uma imagem do tsar Nikolai 2º por debaixo da tinta solúvel.

“O retrato em frente e verso e grande escala, pintado por diferentes artistas sob regimes políticos distintos, é um fenômeno único sem paralelos históricos”, declarou à Gazeta Russa a assessoria de imprensa da Academia de Arte e Indústria Stieglitz, em São Petersburgo.

A descoberta foi feita por restauradores da Academia, onde o retrato foi entregue para restauração pelo Museu Russo ainda em 2013. As obras restauradas ficarão expostas no Museu de Artes Aplicadas de São Petersburgo a partir de 30 de novembro.

Lênin foi pintado sobre tela original em 1924, após sua morte Foto: DivulgaçãoLênin foi pintado sobre tela original em 1924, após sua morte Foto: Divulgação

A figura de Lênin, em pé com o Almirantado ao fundo, ocupou o mesmo lugar na assembleia por quase um século, até que a administração da escola decidiu enviar o retrato, que foi danificado durante a época soviética, para restauração.

“No fundo da tela foram descobertos pequenos buracos, presumivelmente feitos com baionetas durante a revolução”, informou a assessoria da Academia. “É interessante ressaltar que, após exames de raios-X da tela, descobrimos que as cabeças de Lênin e do imperador foram pintadas quase no mesmo lugar.”

Divulgação
Divulgação
 
1/2
 

A história dos retratos “duplos” começou em 1896, quando o artista Iliá Galkin, que retratou a família real por diversas vezes, criou um retrato cerimonial de grande escala (280x184 cm) do tsar Nikolai 2º.

Naquele ano, em que o tsar foi coroado, a pintura foi encomendada para a Assembleia da Escola Comercial Petrovski da Sociedade Mercantil.

Após a revolução de 1917, a instituição foi convertida em escola regular e, em 1924, após a morte de Lênin, Izmailovitch teria, segundo os especialistas, coberto o retrato do tsar com várias camadas de tinta e pintado o líder soviético em seu verso.

Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
 
1/5
 

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook