Salão do Hermitage com famoso Relógio do Pavão é reaberto para visitação

6 de abril de 2016 Oleg Krasnov, Gazeta Russa
Vídeo em 360 graus lançado pelo museu mostra imagens de famoso relógio em ação. Objeto foi produzido por relojoeiro britânico na década de 1770.
Relógio do Pavão figura entre principais aquisições de Catarina, a Grande, para o acervo do Hermitage Foto:Lori/Legion-Media

Após seis semanas de restauração, os visitantes do museu Hermitage, em São Petersburgo, podem conferir novamente no Pavilhão Municipal o maior relógio autômato do mundo, o Relógio do Pavão, que se tornou um dos símbolos do museu.

O relógio foi feito pelo famoso joalheiro britânico James Cox na década de 1770 e encomendado para a coleção do Hermitage pela imperatriz Catarina, a Grande.

Em bom estado de funcionamento, o objeto ostenta as figuras de um pavão, um galo e uma coruja que entram em movimento a cada hora.

Atualmente, o relógio é acionado apenas em ocasiões especiais, porém, um monitor próximo ao objeto transmite um vídeo ininterrupto do relógio em ação.

Para marcar a reabertura do Pavilhão Municipal, o Hermitage lançou um vídeo on-line em 360 graus mostrando como o relógio funciona.

Fonte: Thehermitagemuseum

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

+
Curta a "Gazeta Russa" no Facebook